Purim: Conheça a origem dessa festa judaica

Purim é uma festa tradicionalmente judaica, parecida com o carnaval cristão, onde se comemora a salvação dos judeus. É uma festa muito alegre e divertida que se originou de uma linda história de amor, conheça mais!


A história começa no século VI quando o Rei Persa Achashverosh decretou a morte, no Shabat, de sua primeira mulher acusada de desobediência perante ele, que era conhecido pela sua exigência à lealdade incondicional e dureza em relação aos seus súditos. Em busca de uma nova mulher o Rei percorreu o reino inteiro. Foi quando conheceu Esther, a heroína de nossa história.

Esther era uma mulher inteligentíssima e o Rei apaixonou-se perdidamente por ela. Porém, antes de se casarem ela não revelou sua religião. O que ele não sabia era que ela era judia.

O primeiro ministro do rei, chamado Haman, era um homem antissemita em busca de uma desculpa para destruir todos os judeus e ela apareceu algumas noites mais tarde.

Numa noite, ele encontrou um judeu, que por coincidência era primo de Esther e o mandou ajoelhar e obedecê-lo e ele recusou. Se sentindo ofendido com a recusa do homem, convenceu o rei a matar todos os judeus no dia seguinte: homens, mulheres, crianças e até idosos. Ninguém seria poupado.

Nesta noite, o primo de Esther convidou a todos para um banquete, uma festa de despedida para que todos rezassem e se arrependessem de seus pecados. Esther, preocupada com o destino do povo judeu, convidou seu marido, o rei, e o primeiro ministro para o tal banquete sem grandes detalhes.

Chegando lá, ela confessou ao rei que era judia e o convenceu à deixar para trás o decreto, já que ela também seria morta. O apaixonado rei, convencido, irado e com medo de perder sua amada mulher, mandou enforcar o primeiro ministro.

Nessa época, é comum observar uma atmosfera de festa e alegria no mundo todo. As crianças se vestem com fantasias e com cores para brincar e se divertir.

Nessa festa se realiza um jejum desde a manhã até o pôr do sol do dia da festa, sendo que na noite anterior e na manhã do Purim é lido em voz alta, em todas as sinagogas do mundo, o livro de Esther. Uma curiosidade: a sobremesa mais esperada da noite é uma massa de pão doce com uvas que leva o nome do primeiro ministro “oznei haman”.

Gostou dessa linda história judaica?
Conheça nosso escapulário judaico com design moderno e inovador. Aproveite!

Esapulário judáico, purim

 ♥ uber47.com.br